12
mar

Foto: Divulgação TSE

Com a janela partidária aberta no dia 05 de Março, liberação para a troca de partido dos eleitos nas eleições de 2016, as eleições municipais de 2020 começam a esquentar.
Outra data importante é 04 de abril, prazo limite para filiações e confirmação de domicílio eleitoral dos pretensos candidatos.

Em todas as rodas políticas o assunto mais debatido é sobre o troca-troca partidário, deste ou daquele vereador que desembarcarão neste ou naquele partido.

Em Barreiras já se destaca o burburinho das trocas, Nada menos do que 07 vereadores devem deixar as legendas que foram eleitos e concorrer a reeleição por outra sigla.

Marcos Reis(PSDB) e Beza(PSL), já estão de malas prontas para aterrizarem no partido do Deputado Federal Carlos Tito, AVANTE.

Eleito por este partido nas eleições de 2016, onde obteve mais de 1830 votos, o vereador César da Vila deverá deixá-lo e não concorrer a reeleição pelo partido já que é da base do prefeito Zito Barbosa.

Dois outros vereadores da base do atual prefeito deverão deixar o partido em que conquistaram uma vaga no legislativo barreirense nas eleições de 2016. João Felipe e Graça Melo, ambos do PTB, poderão estar se filiando ao DEM, partido que o prefeito Zito Barbosa é filiado.

Nereu do Gás também deverá abandonar o partido em que foi eleito nas eleições passada, REDE. O vereador Nereu só ainda não definiu por qual legenda disputará a sua reeleição no pleito do dia 04 de outubro próximo.

O que muda nas eleições para vereador em 2020. Resolução nº 23.611/ 2019

A eleição para vereador em 2020 será diferente das anteriores. Várias mudanças nas regras eleitorais entrarão em vigor e é preciso estar atualizado para adequar as estratégias de comunicação política a elas. A minirreforma de 2017 alterou a Lei das Eleições e o Código Eleitoral. As mudanças aconteceram com o objetivo de garantir ao processo eleitoral uma disputa mais justa e equânime entreos concorrentes.

(Leia Aqui)

Geraldo Bomfim/ Blog do Boka