26
jun

Na noite de fogueira e comidas típicas de São João, milhares de pessoas compareceram para prestigiar o último dia de Arraiá do Parque. A noite de 23 de junho foi considerada a mais fria do ano no Nordeste, mas em Barreiras, as famílias se aqueceram ao som do forró, ao pé da grande fogueira montada na área de hipismo do Parque de Exposições Engenheiro Geraldo Rocha e com as apresentações das quadrilhas juninas, que deram um show de brilho, beleza e arte popular.

O Concurso Municipal de Quadrilhas teve sua segunda noite de apresentações com a premiação das juninas, entregando R$18 mil reais divididos para os primeiros lugares, casal de noivo, rainha e marcador, sendo considerada a terceira maior premiação no Brasil. No sábado, 22, primeiro dia, se apresentaram as juninas Sapecou Queimou, Luar do Nordeste, Formiga da Roça e Encantos do Oeste. Na noite de domingo, 23, na grande final, entraram em cena A Velho Chico, Pau Melado, Tira o Pé da Brasa e Remelexo Cearense.

Na arena de dança, muitas cores, coreografias e amor pela cultura nordestina, marcaram as apresentações. A Velho Chico contou a história do cego Zé Vicente e Ana, em busca do amor na noite de São João. A Pau Melado, de Samambaia (DF), mostrou os símbolos do Nordeste, com o sertanejo, o vigário casamenteiro, o casal Lampião e Maria Bonita. O marcador Amilton “Tatu”, filho de Riachão das Neves, contou um pouco de sua história e de sua quadrilha, que nasceu no Oeste e já viajou quase todos os estados brasileiros.

A junina Tira o Pé na Brasa, campeã 2018, trouxe a continuação do Boi Bumbá, falando da importância de manter a tradição e perpetuar as culturas, principalmente quadrilhas juninas. A última entrar na arena foi a Remelexo Cearense, que completou 42 anos de história, retratando o dia a dia do sertanejo, sofrido com a falta de chuva no sertão e clamando a São João Batista que a água caísse para florir a caatinga.

Ao final, o corpo de jurados formado pela dançarina Milena Lopes, o gestor público de Palmas (TO), Cleison Nunes, o dançarino Danilo Francisco da Silva, o quadrilheiro de Nova Xavantina (MT), Rafael Lopes e o professor de História da UFOB, Anderson Dantas da Silva Brito, tiveram a difícil missão de eleger os melhores de 2019. Com a apuração, foi consagrada campeã a junina Formiga da Roça, 2º lugar para Velho Chico, 3º Lugar a Pau Melado e 4º lugar para Luar do Nordeste.

O prefeito Zito Barbosa, acompanhado da deputada estadual Jusmari Oliveira e do prefeito de Luís Eduardo Magalhães, Oziel Oliveira, vereadores e secretários municipais, fez questão de levar o seu abraço aos integrantes que se apresentaram no Arraiá do Parque.

 “Quero parabenizar todas as quadrilhas que participaram, porque é muito gratificante assistir a beleza do projeto planejado há mais de 10 meses por cada componente e diretoria das quadrilhas, que trazem amor, requinte e emoção. A arena ficou lotada, a população compareceu para vibrar com as quadrilhas e isso nos deixa muito felizes, nessa noite de virada do Dia de São João, Padroeiro de Barreiras, que foi presenteado com esses espetáculos ao ar livre. Para o próximo ano, já temos ideias de ampliar o concurso, dando ainda mais visibilidade a cultura nordestina e festejos juninos”, finalizou.

 

Confira a Premiação do Concurso de Quadrilhas 2019

Marcador: Amilton Teixeira (Tatu) – Quadrilha Pau Melado – R$ 1.000,00

Casal de Noivos: Eduarda Leal e Dimas Cardoso- Quadrilha Formiga da Roça – R$ 1.000,00

Rainha: Julia Francyny – Remelexo Cearense- R$ 1.000,00

Quadrilhas Juninas

1º Lugar – Formiga da Roça – R$ 8.000,00

2º Lugar- Velho Chico – R$ 4.000,00

3º Lugar- Pau Melado- R$ 2.000,00

4º Luar do Nordeste – R$ 1.000,00

Blog do Boka/ Dircom PMB