18
fev

Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

O ex-governador e atual senador da Bahia, Jaques Wagner (PT), foi intimado pelo Ministério do Turismo para esclarecer pendências relacionadas à prestação de contas de um convênio firmado em 2007 com o governo do estado, segundo informações da coluna Satélite. Neste período, o petista esteva à frente do Executivo estadual, e o ministério tem feito cobranças para a entrega da documentação pendente para comprovar a regularização do projeto.

Ainda conforme a coluna, a intimação foi feita através da publicação de um edital no Diário Oficial da União (DOU). A pasta estabeleceu um prazo de 15 dias para que o ex-governador da Bahia responda aos questionamentos. De acordo com a Satélite, Jaques Wagner solicitou a prorrogação prazo para entrega da documentação, e o pedido foi aceito pela pasta.

O contrato em questão recebeu verba no valor de R$ 1 milhão, e diz respeito a implementação do projeto Operação Verão, voltado para qualificação de policiais, taxistas, profissionais e empresários relacionados aos serviços turísticos, além de pesquisa de diagnóstico com foco no turismo de aventura.

Blog do Boka/ Bahia Notícias