27
nov

Em noite de reconhecimento pelo trabalho dos profissionais e futuros profissionais da imprensa, a Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), fez, nesta segunda-feira (25), a entrega do I Prêmio Abapa de Jornalismo. O evento, realizado em Salvador, reuniu estudantes, autoridades e representantes do agronegócio que conferiram a premiação, dividida nas categorias Profissional, destinada a jornalistas que possuem formação e atuam em veículos de todo o Brasil e a Jovem Talento, criada para incentivar a produção acadêmica de estudantes de jornalismo. As reportagens revelaram detalhes sobre a produção de algodão tecnificada e sustentável, desenvolvida em terras baianas.

“Esse prêmio surgiu a partir de uma iniciativa similar, da Associação Brasileira de Agronegócio de Ribeirão Preto, já realizada há muitos anos. Adaptamos a excelente ideia para nossa região, focando na cotonicultura. O Prêmio é, portanto, uma forma de mostrar às pessoas o que acontece nas lavouras de algodão do Oeste, quem está por trás nessa atividade, que faz da Bahia o segundo maior produtor da fibra no Brasil. É também, um reconhecimento aos profissionais da imprensa que nos apoiam e dão visibilidade  ao trabalho de agricultores e de todos os envolvidos na cadeia produtiva da nossa fibra”, destacou o presidente da Abapa, Júlio Cézar Busato.

A premiação contou com a categoria Profissional nas modalidades Tv, Jornal Impresso e Internet e categoria Jovem Talento com a participação de 115 estudantes de cinco faculdades de comunicação de Salvador, nas modalidades impresso e vídeo. Com a matéria Safra cresce 17% na Bahia, publicado no Jornal Correio, a vencedora, Georgina Maynart Rabelo Montes comemorou a vitória na modalidade jornal impresso. “Conheci o Oeste em 2014 quando fui fazer uma reportagem e confesso que me emocionei com a plantação de algodão e a dinâmica daquela região, é única. Uma região que abre espaço para ações importantes ligadas ao agronegócio e às pessoas. Obrigada Abapa por esta iniciativa”, disse a vencedora.

Na modalidade Tv o prêmio foi para a reportagem ‘Agrobrazil leva representantes de embaixadas estrangeiras para conhecer a produção de algodão baiano’, exibida pela TV Bandeirantes, numa produção de Camila Cavalcanti Xavier. No quesito internet o jornalista Túlio França Pereira, venceu com o a matéria ‘Cotonicultura baiana é destaque no 6º Agrobrazil’, publicada no veículo MatopitaAgro. “Formei em 2014 e este é meu primeiro prêmio então certamente ficará marcado na minha história e na história do veículo que trabalho que vem promovendo o agronegócio desenvolvido na chamada última fronteira agrícola do Brasil, o Matopiba. Parabéns Abapa, pela iniciativa”.

A categoria Jovem Talento premiou estudantes que visitaram o Oeste, a convite da Abapa e lá conheceram mais sobre a cultura do algodão, coletaram informações e dados que ampararam as produções. Na modalidade escrita, a vencedora foi Ana Carolina Faria Pedreira de Cerqueira (UFBA). O 2º lugar foi para Maria Clara de Lima Andrade (UFBA) e Luciana Koeppel Mendonça (UFBA), ficou com o 3º lugar. Já na modalidade vídeo os três vencedores foram Renato de Jesus Dias (1º lugar), Jeruam Araújo dos Santos (2º lugar) e Giovanni Barbosa da Paixão Filho (3º lugar), todos da Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC). “No momento em que a gente passa por uma experiência como esta, que é transportado para um exercício aprofundado de como fazer o Jornalismo, na prática, é gratificante. Sou extremamente grato a Abapa por me proporcionar esta experiência e por me fazer ter ainda mais certeza de que escolhi a profissão certa”, disse Renato Dias, vencedor da modalidade vídeo.

Representando o governador do Estado da Bahia, Rui Costa, o secretário de agricultura do Estado, Lucas Teixeira Costa, falou sobre a iniciativa. “Prêmios como este ajudam muito a difundir a agricultura pujante que temos aqui na Bahia, e nesse caso, com a Abapa à frente desta iniciativa, temos a certeza que o nosso algodão, cuja fibra é uma das maiores do mundo, será ainda mais conhecido”, disse.

Presentes ainda Luiz Gugé Fernandes, chefe de gabinete da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), representando o vice-governador, João Leão; os deputados estaduais Eduardo Salles e João Vitor Bonfim; superintendente do Ministério da Agricultura da Bahia, Paulo Emilio; a diretora da Rede Bahia,  Renata de Magalhães Correia; presidente  da Federação de Agricultura e Pecuária da Bahia (FAEB), Humberto Miranda de Oliveira;  assessora de comunicação da ABAG, Valeria Ribeiro; representantes do BNB  Welber Luís Ferreira dos Santos e Lorena Passos Andrade; presidente da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia  (Aiba),  Celestino Zanella;  e o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Barreiras (SPRB),  Moisés Almeida Schmidt.Blog do Boka/ Ascom Abapa