30
jan
Foto: Jade Coelho/Bahia Notícias

A mobilidade urbana será o principal desafio da prefeitura de Barreiras, no oeste do estado, nos próximos quatro anos. A atual gestão, de Zito Barbosa (DEM), está elaborando um plano de mobilidade urbana para o município. O texto, de acordo com o prefeito, deve ficar pronto até agosto desse ano.

“Temos que pensar nas obras estruturantes para melhorar o trânsito da nossa cidade, para melhorar o aspecto de lazer da nossa cidade. Barreiras é uma cidade que precisa avançar muito. É uma cidade que tem um número de veículos muito grande, que recebe um número de veículos grande das outras cidades”, disse o gestor ao Bahia Notícias ao argumentar que o plano de mobilidade urbana terá que ser executado nos próximos anos.

Zito aproveitou a ocasião para elencar os principais feitos dos primeiros anos de gestão. “Os três primeiros anos foram difíceis, anos de crise”, classificou Zito ao atribuir os pontos positivos da gestão a um “planejamento bem elaborado e uma equipe técnica”.

“Na campanha nós identificamos que a maior demanda da população era por pavimentação. Mais da metade da cidade não tinha pavimentação. Eram ruas com chão, que as pessoas sofriam no período da seca com poeira e na chuva com lama. Então priorizamos a pavimentação asfáltica da nossa cidade”, destacou o prefeito de Barreiras.

REELEIÇÃO

Zito Barbosa aparece em vantagem nas intenções de votos para a prefeitura de Barreiras nas eleições municipais de outubro deste ano. No último levantamento do Séculus Análise e Pesquisa em parceria com o Bahia Notícias, na cidade do oeste da Bahia, o gestor teve 42,96% das intenções na consulta espontânea e 65,63% na estimulada (lembre aqui).

Apesar dos bons números, ainda não é certeza que Zito seja candidato a reeleição. De acordo com o prefeito, somente no mês de março acontecerá uma reunião com aliados do grupo político que ele faz parte para definir os rumos das eleições em Barreiras.

“Ainda não tem nada definido. Mas se o grupo achar que eu deva ir para a reeleição, nós vamos”, disse Zito ao BN. Informações Bahia Notícias