28
jan

Show de Bosco Fernandes encerará a festa na Praça Landulfo Alves

A tradicional festa da Rainha das Águas será realizada no próximo sábado (02) na Orla do Cais, Centro Histórico de Barreiras. A festa que acontece todos os anos, estima a participação de 10 mil pessoas que homenagearão Oxum e Yemanjá, e para proporcionar segurança aos devotos na festa do 02 de Fevereiro, a Prefeitura de Barreiras através da Diretoria de Cultura e com apoio de órgãos de segurança pública organizaram uma grande estrutura.

Pela primeira vez, a festa contará com a presença da Marinha do Brasil Capitania Fluvial do São Francisco, que atuará no ordenamento do cortejo fluvial e nas fiscalizações das embarcações quanto à habilitação dos condutores, certificado de inscrição da embarcação e transporte ilegal de passageiros.

Além da Marinha do Brasil, a Festa de Oxum e Yemanjá contará com o apoio da Polícia Militar, do 17º Grupamento do Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal e da Coordenadoria de Trânsito (COOTRANS), que irá orientar as mudanças no trânsito no momento do cortejo.

Os festejos de Yemanjá e Oxum começam na quinta-feira (31), com a palestra “Religiosidade afrobarreirense e a preservação do Rio Grande: uma relação ancestral”, no Centro Cultural Rivelino Silva de Carvalho, às 19h. Já no dia 02, as comemorações iniciam às 5hs na casa do Ilê Axé Bara Bologum Oba Aomim, em Barreirinhas, seguida de uma carreata em direção ao Cais de Barreiras. À tarde, a programação continua com a concentração na orla do Cais às 15hs, seguida do cortejo fluvial que traz Oxalá, Oxum e Yemanjá. O encontro será na rampa em frente ao Mercado Cultural Caparrosa, com cortejo terrestre pelas principais ruas do Centro Histórico Barreiras.

Ao final do evento, marcado para encerrar às 19hs, o público poderá se divertir com o show “O Batuque das Águas Sagradas” do cantor Bosco Fernandes. A apresentação, que acontece há cinco anos na Praça Landulfo Alves, conta com o apoio da Prefeitura de Barreiras. Com participação de oito percussionistas, no repertório será contemplado músicas com influências baianas e afro.

De acordo com a diretora de cultura, Diva Bonfim, toda essa estrutura é para garantir segurança e harmonia na festa que já é tradição no município. “Nos organizamos para mais uma festa que homenageia Oxum e Yemanjá em nossa cidade, toda essa estrutura é para garantir total segurança, evitando dessa forma acidentes no cortejo fluvial e terrestre. A gestão municipal, sensível a todas as manifestações artísticas e culturais em Barreiras, vem fortalecendo e dando visibilidade na preservação e manutenção de todo fazer cultural em nossa cidade”, destacou.  

Blog do Boka/ Dircom PMB