03
maio

Coordenadores, equipe técnica e entrevistadores do CadÚnico dos CRAS II e III participaram de uma reunião com a equipe do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), representado pelo assessor técnico Edilson Lima e pela assistente social do órgão, Haiana Andrade. O encontro realizado na sexta-feira (26), na sede da Secretaria de Assistência Social e Trabalho, teve como pauta uma capacitação sobre as alterações normativas do Benefício de Prestação Continuada (BPC), e anteriormente também foi realizado para os integrantes dos CRAS I e IV.

Haiana Andrade falou sobre o BPC que trata-se de um benefício assistencial garantido pela Constituição Federal que permite o acesso de idosos com idade igual e/ou superior a 65 anos e as pessoas com deficiência de qualquer idade às condições mínimas de uma vida digna. Ela esclareceu as dúvidas sobre o benefício e detalhou sobre a participação na sociedade, em igualdade de condições, da pessoa com deficiência (pcd), que é aquela que apresenta impedimentos de longo prazo (mínimo de 02 anos) de natureza física, mental, intelectual ou sensorial.

Já o assessor técnico Edilson Lima abordou questões técnicas do acesso ao INSS Digital, desde o Fluxo do BPC no INSS Digital, agendamento nos canais do INSS, comparecimento com documentação para conferência e protocolo, Termo de Responsabilidade Assinado (para acompanhamento do cidadão), documentação digitalizada e encaminhada para Central de Análise, e, análise: exigências, deferimento ou indeferimento.

Para a secretária Karlúcia Macêdo, que participou da rodada de discussões, a participação das equipes técnicas das unidades foi bastante proveitosa e a troca de experiências enriqueceu o evento. “É fundamental essa aproximação entre nossos colaboradores que estão na linha de frente, recebendo as demandas da população e os agentes do INSS, essas atualizações são necessárias para que os encaminhamentos sejam feitos de forma rápida e eficaz, quem ganha é o cidadão”, disse.

Blog do Boka/ Dircom PMB