16
maio

Sete postos estão à disposição dos moradores de bairros mais afastados e da zona rural; a iniciativa é da 205ª Zona Eleitoral

Uma iniciativa do Cartório da 205ª Zona Eleitoral oferecerá ainda mais comodidade aos eleitores de Luís Eduardo Magalhães, no oeste baiano. É que, a partir desta segunda-feira (13/5) – início do período da revisão obrigatória na cidade – os moradores de bairros mais afastados e da zona rural da região, passaram a contar com sete postos de agendamento, onde é possível obter auxílio para a marcação do atendimento com hora marcada. O município possui 54.791 eleitores, dos quais 48,77%  já cadastraram os dados biométricos.

A ideia é facilitar o serviço de agendamento àqueles eleitores que não têm acesso à internet ou que possuam dificuldade para se deslocarem duas vezes ao cartório (uma para agendar e outra para realizar o recadastramento). “O objetivo oferecer a possibilidade da hora marcada para todos com maior tranquilidade”, afirmou o juiz eleitoral da 205ª ZE (Luís Eduardo Magalhães), Flávio Ferrari.

A implantação dos postos é resultado da parceria entre a Justiça Eleitoral, a Prefeitura e a Faculdade Dom Pedro II. Em andamento estão novas parcerias com outros órgãos públicos, além de escolas, universidades e empresas da cidade. O presidente do TRE-BA, desembargador Jatahy Júnior, parabenizou a iniciativa, que classificou como uma ação cívica. “Toda ação que facilitar e der mais comodidade ao eleitor será incentivada pela Justiça Eleitoral”.

Na avaliação do chefe de cartório da 205ª ZE, Edílson Santos, os postos de agendamento serão úteis também para os eleitores com acesso à internet. “Pensamos também naquela pessoa mais simples, que – mesmo com acesso a internet – encontra dificuldade em utilizar o sistema de marcação”, disse.

Postos de agendamento

POSTO ENDEREÇO FUNCIONAMENTO
 

 

Santa Cruz

Centro de Artes e Esportes (CEUS) e Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) – Rua Jequié, s/nº, Quadra 1.066, bairro Santa Cruz.  

De segunda à sexta-feira

Das 8h às 12h e das 14 às 17h

 

Conquista

Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) – Rua Ibititá, s/nº, bairro Conquista. De segunda à sexta-feira

Das 8h às 12h e das 14h às 17h

 

Sol do Cerrado

Centro de Capacitação do Residencial Sol do Cerrado. Próximo ao bairro Jardim das Oliveiras.  

De segunda à sexta-feira

Das 8h às 12 e das 14 às 17h

 

Centro

Secretaria de Assistência Social – Avenida Barreiras, nº 825, Centro. De segunda à sexta-feira

Das 8h às 12h e das 14h às 17h

 

Vista Alegre

Centro de Capacitação do Residencial Vista Alegre. Saída para o Tocantins. Centro encontra-se na rua principal do Residencial.  

De segunda à sexta-feira

Das 8h às 12h e das 14 às 17h

 

Mimoso II

Academia da Saúde – Rua Bom Jesus da Lapa, s/nº, bairro Mimoso 2 De segunda à sexta-feira

Das 8h às 12h e das 14 às 17h

Unidom Faculdade Dom Pedro II – Rua Ruy Barbosa, 750, Centro. De segunda à sexta-feira

Das 7h às 13h

126ª Zona Eleitoral é pioneira

O funcionamento de postos para agendar a biometria já é uma realidade na 126ª ZE, que reúne os municípios de Angical, Baianópolis e Cristópolis. “Em nossa zona, a revisão biométrica já está bem adiantada porque aproveitamos outras campanhas e fizemos um trabalho mais abrangente”, conta a chefe de cartório, Ângela Maria Pinto de Queiroz.

Com 12.375 eleitores, a cidade de Angical já biometrizou 88,90% de sua população. Em Baianópolis, com 11.553 eleitores, o percentual é de 65,63% de biometrizados. Já em Cristópolis, dos 11.816 eleitores, 62,43% já informaram seus dados biométricos à JE. “A criação desses postos em parceria com as prefeituras é bastante interessante, pois nos aproxima daquele eleitor que possui dificuldade de acesso à internet, grande parte da zona rural”, afirmou a chefe de cartório.

O último ciclo da biometria na Bahia envolve 281 cidades e 108 zonas eleitorais. A convocação atinge mais de 2, 9 milhões de cidadãos, que podem agendar o serviço pela página agendamento.tre-ba.jus.br ou pelo telefone (71) 3373-7223. Para agendar, o interessado deve informar o número do CPF, nome completo e data de nascimento. Entre os dados opcionais estão o número do título de eleitor e o nome completo do pai ou da mãe. O cronograma do Regional baiano prevê a conclusão da biometria antes das Eleições Municipais de 2020.

Blog do Boka/ TRE BA