25
jan

O MEC afirma que está trabalhando para corrigir os erros, assegurando que não haverá prejuízo a nenhum candidato

Os estudantes que tiveram problema para realizar a inscrição para a seleção em universidades através do Sisu não vão ser prejudicados. Pelo menos é o que garante o Ministério da Educação (MEC). Nesta quarta-feira (25), segundo dia de inscrições, alguns estudantes voltaram a reclamar do sistema e afirmaram que não conseguiram concluir o processo. A maioria dos estudantes que tiveram o problema prestaram as provas do Enem na segunda aplicação, em dezembro.

“Fiz o ENEM nos dias 3 e 4 de dezembro e ainda não consigo acessar a página do SISU! SOCORRO!!”, escreveu uma estudante no Twitter. “@MEC_Comunicacao que tal começar abrindo o sisu aos participantes do enem adiado? Hmmmm parece um bom caminho pra mim”, postou outra.

“O MEC, juntamente com o INEP, continua trabalhando para identificar qualquer outra inconsistência e resolvê-la com a máxima brevidade, assegurando que não haverá prejuízo a nenhum candidato”, diz nota do ministério. Ontem, o MEC reconheceu a falha no sistema, mas afirmou que o problema foi corrigido e mais de 800 mil estudantes conseguiram fazer a inscrição. O sistema ficará aberto até esta sexta-feira (27).

As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) começaram na madrugada desta terça (24). Cada candidato pode escolher até duas opções de curso, o que consta como mais uma inscrição no sistema. Pela manhã, candidatos que fizeram a segunda aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em dezembro, reclamaram que não estavam conseguindo concluir as inscrições.

Em outros casos, estudantes relataram que, após conseguir acesso, opções de curso não eram exibidas. O Ministério da Educação (MEC) afirmou que as dificuldades de acesso ao sistema foram provocadas pelo alto número de estudantes que trocaram a senha, e ficaram com acesso. 

Fonte: Correio 24hs.