17
nov

Representantes do Comando-Geral da Polícia Militar da Bahia (PMBA) e do Instituto Anísio Teixeira (IAT) assinaram, nesta quarta-feira (16/11), um termo de cooperação técnica que busca desenvolver um plano de formação e capacitação para oficiais da corporação. Inicialmente, cerca de mil policiais de todo o estado serão contemplados pela parceria, que prevê, além do plano de formação, o uso da estrutura tecnológica utilizada pelo IAT para formação de professores.

Para o diretor-geral do Instituto Anísio Teixeira, Severiano Alves, quem vai colher os frutos dessa parceria é a sociedade. “A Polícia Militar vai usar os nossos instrumentos educacionais e isso é importante, porque um soldado preparado, formado por uma nova metodologia de comportamento profissional, vai saber lidar de outra forma com o ser humano. Acredito que, com essa capacitação, o policial vai ter ainda mais qualificação para cumprir o seu dever e garantir o bem-estar da sociedade”, afirmou Severiano Alves.

Foto: Ascom/IAT
(Foto: Ascom/IAT)

De acordo o comandante-geral da PM, coronel Anselmo Alves Brandão, a parceria é mais um incentivo na vida profissional dos militares. “A Polícia Militar vem buscando essa parceria e o IAT abriu as portas para a nós. Estamos vivendo um novo momento, usando as ferramentas e as tecnologias do Instituto para a capacitação e formação de nossos policiais do estado. Vamos conseguir qualificar os nossos oficiais, para atender a cada dia melhor a nossa sociedade”.

A diretora de Educação a Distância e Tecnologias Educacionais do IAT, Kátia Ramos, destacou que “fazer com que esse policial chegue mais qualificado para atender a comunidade é uma contribuição do IAT para a sociedade”.

Fonte: Ascom/IAT