29
nov

Estudante há cinco anos na escola, Kauê faleceu em setembro passado, vítima de afogamento, seu conto foi eternizado na forma do livro infantil “A família em desespero”

Primeira escola em tempo integral da rede municipal de Barreiras, a Paulo Freire, no Conjunto Habitacional Rio Grande, festeja, junto com os seus mais de 200 alunos, professores e coordenação pedagógica, o resultado das produções escritas realizadas durante o ano, em mais uma edição da Feira Literária Criando e Recriando o Mundo através da Leitura. Sexta-feira (29) e sábado (30) familiares e comunidade poderão conferir de perto as exposições, atividades e mostras dos estudantes com direito a uma atração especial, o lançamento do livro “A família em desespero”, de Wendel Kauê Brito Carvalho.

O estudante ganhou o concurso de produção de contos, lançado pela escola durante o ano letivo. Em setembro passado, um afogamento no Rio Grande tirou a vida de Wendel, porém, o livro, que conta a engraçada passagem de uma família por um cemitério à noite, eterniza a história literária do estudante. “Esse colégio e estes funcionários estão cravados no meu coração. Acompanhei este colégio até o último dia de vida do meu filho, os funcionários sempre me ajudaram. Estarei aqui no próximo ano, contribuindo no que for preciso. Muito obrigada a todos vocês pelo cuidado com meu filho e por esta homenagem”, disse Célia Maria Carvalho, mãe de Wendel.

Além de destacar o trabalho singular da escola em realizar uma feira literária própria e estimular produções textuais junto aos alunos, a secretária de educação de Barreiras, Cátia Alencar disse que o nome de Wendel Kauê ficará eternizado não apenas no livro que deixa, mas será lembrado durante importante evento de Barreiras. “Vamos lançar o livro durante a Festa Literária de Barreiras, a FLIB, pensamos ainda em homenagear o estudante dando o nome dele a Flibinha, será uma forma ainda de incentivar outros alunos a produzirem contos, histórias, poemas, enfim, literatura, todos têm capacidade para isso. Wendel está imortalizado através da literatura”, destacou.

O enredo do livro “A família em desespero” foi apresentado aos participantes da Feira Literária no formato de uma peça teatral, encenada por estudantes do 5º ano. Poemas, e apresentações culturais fizeram parte da abertura do evento que prevê a participação do público do Conjunto Habitacional Rio Grande e bairros próximos. “A feira mobiliza a escola o ano todo, alunos e professores. Nossos estudantes têm contato com a leitura desde as séries iniciais e é interessante o interesse que demonstram, para eles a leitura é como se fosse um prêmio”, diz orgulhosa a diretora Ivanete Gomes Bastos.

Blog do Boka/Dircom PMB