02
jan

Foto: Reprodução / G1

A nova primeira-dama do Brasil, Michelle Bolsonaro, realizou o primeiro discurso com o título de forma inédita: usando a língua de sinais. Enquanto a esposa do presidente Jair Bolsonaro (PSL) discursava em Libras uma intérprete traduzia as palavras dela.

Durante o pronunciamento, Michelle, que foi professora de Libras, fez menção não só aos surdos, mas também se comprometeu com as questões envolvendo as pessoas com deficiência e garantiu que  pretende se dedicar a causas sociais durante seu tempo de Planalto.

“Agradeço a Deus essa grande oportunidade de poder ajudar as pessoas que mais precisam. Trabalho de ajuda ao próximo que sempre fez parte da minha vida e que a partir de agora, como primeira-dama, posso ampliar de maneira ainda mais significativa”, disse.

“Eu gostaria de modo muito especial de dirigir-me à comunidade surda, pessoas com deficiência e a todos aqueles que se sentem esquecidos. Vocês serão valorizados e terão seus direitos respeitados”, prometeu a primeira-dama.

Blog do Boka / Bahia Notícias