04
jan

Personalidades e políticos brasileiros se manifestaram em suas redes sociais contra a declaração da ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, que diz que o Brasil está em uma “nova era”, na qual “menino veste azul e menina veste rosa”. Na Bahia não foi diferente. A senadora Lídice da Mata (PSB), o deputado federal Bacelar (Podemos), o deputado estadual Marcell Moraes (PSDB) e o secretário de Saúde do estado, Fábio Vilas-Boas, foram alguns dos que destacaram que cor não tem gênero. 

Enquanto Marcell chamou o assunto de besteirol, Vilas-Boas destacou que “é direito da pessoa, na rede de serviços de saúde, ter atendimento humanizado, acolhedor, livre de qualquer discriminação, restrição ou negação em virtude de idade, raça, religião, orientação sexual, identidade de gênero ou deficiência. #CorNãoTemGênero”. A hashtag #CorNãoTemGênero chegou aos trending topics do Twitter.

A cantora Aline Rosa foi mais radical e postou: “Meninos de rosa. Meninas de azul. E os homofóbicos que tomem no…. Olha, acho q dá até uma musica isso… ME POUPE!!!!! #homofobiaMATA #euusoacorqueeuquiser”. A publicação teve mais de 14 mil curtidas e comentários. 

Blog do Boka/ Bocão News