21
jan

Milhares de católicos e devotos de São Sebastião lotaram a avenida que leva o nome do Santo em Barreirinhas, neste domingo (20), para participar dos festejos do Padroeiro do Bairro. A Missa Campal foi presidida pelo Bispo Diocesano de Barreiras, Dom Josafá Menezes e concelebrada pelos Padres Pedro Felipe e Robervalto Soares e Diáconos permanentes da Diocese. O prefeito de Barreiras, Zito Barbosa, a vice Karlúcia Macêdo, o presidente da Câmara, Eurico Queiroz e demais vereadores também participaram da celebração que ao final teve a tradicional procissão e quermesse.

A Paróquia São Sebastião foi fundada em 1985 e abrange 17 localidades entre as zonas urbana e rural do município.  “Neste momento de fé, não poderíamos deixar de prestigiar essa celebração especial, que integra o calendário cultural e religioso de Barreiras e que faz parte da história de um dos bairros mais populosos da nossa cidade. Além de reconhecer as contribuições essenciais dadas pelas paróquias e suas pastorais ao município”, disse o prefeito Zito Barbosa.

As festividades do Santo Soldado desse ano também fazem parte da programação dos 40 anos da Diocese de Barreiras. “A Paróquia de Barreirinhas já fez grandes realizações e é muito importante no conjunto da Diocese. Os 40 anos que estamos celebrando tem uma simbologia especial e recorda e lembra a caminhada do povo de Israel rumo à terra prometida”, comentou Dom Josafá.

História: São Sebastião nasceu na cidade de Narbona, na França, em 256 D.C. Seu nome de origem grega, Sebastós, significa divino, venerável. Ainda pequeno, sua família mudou-se para Milão, na Itália, onde ele cresceu e estudou. Sebastião optou por seguir a carreira militar de seu pai.

No exército romano, chegou a ser Capitão da 1ª da guarda pretoriana. Esse cargo só era ocupado por pessoas ilustres, dignas e corretas. Sebastião era muito dedicado à carreira, tendo o reconhecimento dos amigos e até mesmo do imperador romano, Maximiano. Na época, o império romano era governado por Diocleciano, no oriente, e por Maximiano, no ocidente. Maximiano não sabia que Sebastião era cristão. Não sabia também que Sebastião, sem deixar de cumprir seus deveres militares, não participava dos martírios nem das manifestações de idolatria dos romanos.

Por isso, São Sebastião é conhecido por ter servido a dois exércitos: o de Roma e o de Cristo. Sempre que conseguia uma oportunidade, visitava os cristãos presos, levava uma ajuda aos que estavam doentes e aos que precisavam. Fonte:https://diocesedebarreiras.org.br/noticias/fotos-festa-de-sao-sebastiao-reune-centenas-de-pessoas-em-celebracao-especial-em-barreiras-confira

Fotos: Festa de São Sebastião reúne centenas de pessoas em celebração especial em Barreiras, confira | Diocese de BarreirasA Festa de São Sebastião em Barreirinhas reuniu milhares de pessoas na noite deste domingo (20), dia do Santo padroeiro da comunidade. Presidido por Dom Josafá Menezes, bispo de Barreiras e acompanhado dos padres Robervalto e Padre Pedro Felipe, a celebração especial foi acompanhado por pessoas e autoridades de Barreiras.diocesedebarreiras.org.br
Blog do Boka/ Dircom PMB