17
jul

Um café da manhã foi oferecido para o prefeito Zito Barbosa, que esteve acompanhado dos secretários de Infraestrutura, João Sá Teles, de Indústria Comércio e Serviços, Carlos Costa, também da Chefe de Gabinete, Marileide Carvalho e a primeira dama, Marisete Bastos no Hotel Morubixaba. A iniciativa foi da Associação de Empresas de Loteamento e Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (AELO), criada por um grupo de empresários do Oeste e que hoje representa todo o Estado. O objetivo foi apresentar a associação e discutir assuntos de interesse comum entre o poder público e privado.

“Entendemos que o caminho é a união, precisamos estar mais organizados e próximos ao poder público municipal. Formamos esta associação com uma nova visão de mercado, porque sentimos a necessidade de pensar no Oeste da Bahia como um todo, após visitar associações em outros estados brasileiros, entendemos que éramos a única da Bahia, passando, portanto a representar o Estado em questões relacionadas ao desenvolvimento urbano”, destacou o presidente da AELO, Almir Ramos.

Na rodada de conversas, foram abordados temas como padrões de construções, a verticalização das cidades, surgimentos de novos bairros, terrenos baldios e formalização de loteamentos. Além de se colocar à disposição da atual gestão municipal para repassar e sugerir ideias já implantadas em outras cidades brasileiras, a AELO se propõe a auxiliar o poder público em questões de desenvolvimento urbano. Aprovando a iniciativa, o prefeito Zito Barbosa, propôs a criação de uma comissão mista com foco no Plano de Desenvolvimento Urbano de Barreiras (PDDU).

“Precisamos avançar na construção do PDDU, para isso, nossa proposta é unir integrantes da AELO com representantes das duas secretarias que estão presentes hoje, além do Meio Ambiente e Turismo, e a Procuradoria, também aqui representada pelo procurador Wagner Pamplona. Esta comissão terá como propósito principal dar encaminhamento às ações do Plano, com eficiência que este assunto requer”, enfatizou o prefeito.

Barbosa destacou ainda duas obras em andamento consideradas estratégicas para as mudanças de desenvolvimento urbano de Barreiras. “A construção do canal de macrodrenagem da Morada da Lua e São Paulo, e o da Santa Luzia um dos bairros mais sofridos com a falta de planejamento e estrutura da cidade, que, receberá não apenas um canal, mas, quase cinco mil metros de drenagem em todas as ruas. Será um bairro referência de Barreiras”, e finalizou, convidando todos para conhecerem de perto as obras em andamento nos dois bairros.

Uma agenda de trabalho será estabelecida pela comissão constituída, com uma primeira reunião já confirmada para o próximo dia 30 deste mês, na Prefeitura de Barreiras. Blog do Boka/ Dircom PMB