21
ago

Com o objetivo de esclarecer as declarações feitas pelos vereadores de oposição, e atender à solicitação feita pelo vereador João Felipe (PTB), através de um Requerimento, secretário de Saúde, Anderson Vian, compareceu na Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Barreiras na noite dessa terça-feira (20), para deslindar sobre a atuação da secretaria a qual dirige.
Logo no início da sessão, vários pedidos de ordem foram solicitados ao presidente Eurico Queiroz onde os oposicionistas queriam que o secretário fizesse uma explanação da saúde do município e os vereadores fariam os questionamentos. Sugestão logo refutada pela base, em especial pelo vereador João Felipe, autor da indicação para convidar o secretário para responder as inquirições dos edis, principalmente daqueles que sistematicamente nas sessões, discursam falando que a saúde do município está com atendimento deficiente, com a população dormindo nos postos para se conseguir uma consulta, dificuldades para marcações de consultas e etc.
Após posição tomada pelo presidente Eurico Queiroz, foi estipulado o tempo de três minutos para que cada vereador formulasse suas perguntas e em seguida Anderson Vian responderia.
Várias indagações foram feitas, referentes ao Emilly Raquel, Eurico Dutra, Cadastramento do Cartão do Sus, marcações de consultas e exames, filas; dificuldades ; diminuição das cirurgias, qual a ajuda do município aos pacientes com câncer, conclusão da Ceproeste, quanto é destinado a secretária de saúde e quanto é repassado pelo município; governo do estado, governo da união, pactuação com os municípios vizinho e se os pacientes de Barreiras perdem vagas no atendimento com a pactuação, o que levou a secretaria realizar os mutirões e se ainda haverá outros, demora para descobrir número de cartões do Sus superior a população do município, Importância do Centro Especializado Odontológico, atendimento Caps II, novos projetos da secretaria para a saúde, se a causa da diminuição de cirurgias é pela perde de recurso estadual e federal, se há programação de mutirão para cirurgias ainda para 2019, se acontece no município exames de Zica Chicungunha e dengue, acesso aos dados atuais da saúde, o que está previsto para melhoria da saúde, onde foram investidos os 800 reais economizados com as mudanças no Eurico Dutra e no Emilly Raquel, a saúde de Barreiras é humanizada, se na atual gestão acabou a pastinha dos aliados na Central de Regulação como ocorria em gestões passadas, quantos atendimentos são feitos pela unidade móvel de saúde por mês, se os atendentes do SAMU estão confortáveis onde fica a base, sobre os descontos efetuados pela Cooperativa UniBrasil dos salários dos trabalhadores e até onde é necessário a UniBrasil, a construção de novas unidades de saúde vai diminuir a espera por atendimento se há unidades que só atende durante três dias na semana, o que o secretário atribui o jargão que a saúde de Barreiras vai mal,o que estás endo feito para atendimento as grávidas do Km 30, respostas sobre denúncias no Ministério Público sobre o Emilly Raquel, previsão para entrega do Ceproeste, números do atendimento da atenção básica no município, se está sendo atendida sugestão do Ministério Público sobre a implantação do ponto eletrônico. Estas foram as principais perguntas feitas pelos vereadores.
Na oportunidade, o secretário Anderson Vian fez uma síntese sobre o sistema municipal de saúde, descrevendo as atividades e ações desenvolvidas pela instituição em forma de gráficos e relatórios do quadrimestre de 2019.
Durante a explanação, o secretário discorreu sobre a estrutura física da instituição, sobre as receitas, as despesas empenhadas; liquidadas e pagas, as dotações os programas de saúde implantados no município, apresentou índices e programas de controle de doenças, saúde básica entreoutros. Além disso, o secretário disponibilizou aos vereadores, diversos documentos, balancetes e coisas afins.
Todos os questionamentos feitos pelos vereadores foram respondidos a contento. Tanto que os vereadores, em especial os oposicionistas, que sempre estão fazendo discursos de cobranças relacionados a agendamento de consultas, atendimentos nos postos de saúde, mudanças no atendimento de emergência no Hospital Eurico Dutra e Emilly Raquel entreoutros, não contestaram nada do que o secretário respondeu.
Anderson Vian ainda se colocou à disposição da Câmara de Vereadores para retornar no final de setembro para falar sobre o segundo quadrimestre, dos investimentos, da atuação na saúde básica e tudo relacionado ao trabalho da Secretaria de Saúde de Barreiras.
Em sua consideração final, Anderson Vian respondeu ao questionamento de vereador Gilson Rodrigues, a que se atribuiu os discursos da oposição nas sessões da casa, de que a saúde de Barreiras vai mal.

 

# Blog do Boka/ Geraldo Bomfim

* Confira a Galeria das Imagens desta Notícia: