15º
32º
Predomínio de Sol
14
maio

Fazendo sua segunda partida em casa pela Copa Oeste de Seleções, a Seleção de Barreiras recebeu neste domingo (13), a Seleção de São Desidério. A expectativa era muito grande pela grande partida realizada na rodada anterior, contra o mesmo adversário, quando com um jogador a menos durante grande parte da partida, Barreiras conseguiu um heroico empate.
Nos primeiros 20 minutos da partida a Seleção de Barreiras criava oportunidades para abrir o placar e desperdiçava, com Cairo e Ronei pela direita ou com Bidé e Vitinho pela esquerda com jogadas pelos lados, chances eram criadas e não aproveitadas.
A seleção visitante destoava do que sua comissão técnica previu logo após a partida do dia 06 de Maio, que jogando fora de casa o time se apresenta melhor, não foi o que se viu em campo. Constantemente envolvida nas jogadas individuais de Caio, Ronei, Nenem, Vitinho e Bidé, a defensiva adversária começaram a parar as jogadas com faltas, algumas delas com deslealdade, punidas pelo árbitro com cartão amarelo.
Após mais uma jogada em velocidade de Bidé pela esquerda, Keziel faz o desarme e ao sair jogando perde para Vitinho que se desvencilha de Bruno e da entrada da área acerto o canto do goleiro e a bola foi morrer no fundo da rede, 1 a 0 para Barreiras, placar do primeiro tempo.
A Seleção de Barreiras volta para o segundo tempo com um jogador a mais, Herbley havia sido expulso, a não soube aproveitar a vantagem numérica. Assim como na partida de estreia contra Riachão das Neves, quando também atuou grande parte da partida com a vantagem numérica, os garotos de Zé Carlos viram São Desidério se agigantar e em 20 minutos de jogo perder três oportunidades reais de gols, evitadas pelo goleiro Vitor.
Tentando ingerir sangue novo no time, Zé Carlos substituiu Vitinho por Lobake e Cairo por 2000 o que não surtiu o efeito desejado, principalmente a segunda substituição com a entrada de 2000 mesmo sendo por contusão do lateral, tanto que foi substituído ficando menos de 10 minutos em campo.
Melhor sorte teve o técnico da Seleções de São Desidério com as entradas de Binho e Traíra, aumentando a busca do gol de empate só não conseguindo porque o goleiro Vitor, da Seleção de Barreiras, estava num dia inspirado e salvou que sua meta fosse vazada pelo menos em três oportunidades, numa delas aos 40 minutos da segunda etapa com Binho que poderia mudar totalmente a história da partida.
A sorte do técnico Zé Carlos não ficou só nas defesas do goleiro Vitor, duas substituições feitas, Lobake e Manuel, selaram a vitória da Seleção de Barreiras após cobrança de escanteio pelo primeiro que Manuel aproveitou bobeira da defesa marcando e dando números finais à partida, 2 a 0 para Barreiras. Com a vitória a Seleção de Barreiras chega aos 05 pontos ganhos e assume a liderança do Grupo A.
Na outra partida realizada neste domingo Corrente (PI) chega aos 100 % de aproveitamento no Grupo B e é a primeira seleção a se classificar para a fase seguinte ao vencer Santa Rita de Cássia ( Itiquira) por 3 a 0.
Vale lembrar que na próxima fase os classificados dos grupos A e B se enfrentarão no mata a mata e Corrente como primeira colocada do grupo B já aguarda o segundo colocado do grupo de Barreiras. Para fugir deste confronto, a Seleção de Barreiras só depende dela, bastando vencer ou empatar no próximo domingo (20), contra Riachão das Neves jogando na casa do adversário.

 

* Confira a galeria de fotos desta notícia:

Geraldo Bomfim

 

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

 

Geraldo Bomfim

Geraldo Bomfim

 

Geraldo Bomfim

 

Geraldo Bomfim

 

Geraldo Bomfim

 

Geraldo Bomfim