04
maio
Foto: Agência Pará

Um grupo de técnicos do Ministério da Saúde vai contraindicar o uso de cloroquina, hidroxicloroquina, ivermectina, remdesivir e outros comprovadamente ineficazes no tratamento da Covid-19 em ambiente hospitalar. O grupo foi criado no início da gestão do ministro da Saúde Marcelo Queiroga e é encabeçado pelo médico e professor da USP Carlos Roberto de Carvalho.

Uma das primeiras ações de Queiroga à frente do Ministério da Saúde foi encomendar a elaboração de um protocolo para tratamento farmacológico do coronavírus na internação. O foco do documento é o uso ou não de medicamentos no ambiente hospitalar, o protocolo, de acordo com apuração da Folha de S. Paulo, não tratará da utilização dos fármacos fora dos hospitais.

A reportagem ressalta que o documento indicará o uso de anticoagulantes e corticoides no tratamento da Covid-19.

Fonte: Bahia Notícias.