23
maio
Foto: Marcos Brandão/ Senado Federal

Presidente nacional do DEM, o prefeito de Salvador, ACM Neto, adiou o retorno a Salvador e permaneceu em Brasília. O democrata inauguraria uma obra na manhã desta quinta-feira (23) na capital, mas cancelou o evento após o duro ataque feito pelo líder do DEM na Câmara, o deputado federal baiano Elmar Nascimento, ao governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) (veja aqui).

Em entrevista ao Bahia Notícias, Neto evitou falar sobre as declarações de Elmar. “As minhas opiniões sobre o discurso tenho a obrigação de dar a ele, não farei em público”, disse o prefeito.”Permaneci (em Brasília) porque não tive condições de voltar”, acrescentou.

Segundo apurou a reportagem, ACM Neto só deve retornar à capital baiana nesta sexta-feira (24) pela manhã. A imprensa nacional já tinha informado que o prefeito não estava satisfeito com o comportamento de Elmar na condução do partido na Câmara (veja aqui). Perguntado se o baiano continuaria como líder do DEM, o prefeito não respondeu.

Em discurso nesta quarta-feira (22) na tribuna da Câmara, Elmar chamou o governo Bolsonaro de “canalha” e disse que “não mexe com laranja”, ao se referir ao fato de o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, ser alvo de um inquérito por suposto patrocínio de candidaturas laranjas durante as eleições do ano passado.

Blog do Boka/ Bahia Notícias