26
jul

A tarde da quarta-feira, 25, foi emocionante para os avós atendidos pelo CRAS I com a realização do Chá dos Avós.  A comemoração foi preparada pela Secretaria de Assistência Social e Trabalho com intuito de celebrar o amor, o carinho e a afetividade entre as famílias e os avós dos bairros Santa Luzia, loteamento Rio Grande, Antônio Carlos Magalhães, Alphaville, Bandeirantes, Flamengo, Novo Horizonte, Vila Nova, Buritis, Correios, São Miguel, Jardim Vitória, Sombra da Tarde e Mimoso.

Toda estrutura de chá com bolo, frutas e salgados foram servidos compondo uma deliciosa mesa de quitutes. Em seguida, participou de diversas brincadeiras, entre elas, sorteio de brindes confeccionados por crianças e adolescentes que frequentam as aulas de terapia com artes.

Os avós que também participam do programa Idade Viva, demonstraram agilidade e animação com as brincadeiras interativas proporcionadas pelo mestre Parafuso que trouxe as técnicas de Capoterapia, movimentada pelas músicas e palmas ritmadas.

Um dos momentos emocionantes foram os relatos de vida, as experiências da “maternidade avançada” como a maioria relatou e a recordação das histórias de família, despertando lembranças e sentimentos de união entre os idosos. “Ser avó não é voltar a ser mãe, porque como mãe, nosso papel principal é o de criar e educar. Como avó, a missão é de ser uma cúmplice e guia nas aventuras dos netos”, brincou dona Nilza Silva, avó de oito crianças.

A secretária de assistência social e trabalho, Karlúcia Macêdo, apresentou a nova estrutura do CRAS I, as salas amplas para atendimento e também pontuou que momentos como esses vão ao encontro da política dos direitos dos idosos dentro da ação e do desenvolvimento social.

“A comemoração do Dia dos Avós envolve todo o lado emocional e social, saibam que esse CRAS é um local para vocês socializarem, buscarem seus direitos e está de portas abertas para toda população. Agradeço a participação de todos e parabenizo toda equipe coordenada por Fabricio Meneses”, disse a secretária.

Durante todo evento, a música ao vivo promoveu momentos de descontração e dança. O coordenador Fabricio Menezes destacou que o Centro de Referência de Assistência Social- CRAS I estará sempre interagindo e promovendo atividades para os idosos.(Informações Dircom/PMB)

* Confira a galeria de fotos desta notícia: