26
jul

A Secretaria Municipal de Saúde, dentro do Projeto Saúde Humanizada, realiza a capacitação em Vigilância da Raiva Humana para enfermeiros e técnicos de enfermagem das 25 salas de vacinação de Barreiras, que ocorrerá até o dia 31 de julho. A capacitação que tem a frente a equipe da Coordenadoria do Programa de Imunização (COPIM) tem como objetivo orientar os profissionais para os procedimentos indicados no protocolo de tratamento profilático da raiva humana.

Durante a abordagem do treinamento no dia 25, quinta-feira, foi mostrado como ocorre a transmissão da raiva, através da saliva de um mamífero infectado e sobretudo através da mordedura de animais, como os cães, gatos e morcegos.

A raiva é considerada uma doença grave e pode provocar em muitos casos a morte do paciente. De acordo com a coordenadora da COPIM, Renata Queiroz, a capacitação acontecerá em três dias com a proposta de atualizar a equipe de saúde sobre a doença.

“Essa capacitação objetiva orientar os profissionais da área de saúde na condução e atendimento das pessoas envolvidas em acidentes com animais susceptíveis à raiva, justamente para orientar os pacientes quando são atacados por animais que são suspeitos de possuir essa doença, a participação de todos que trabalham a frente das vacinas no município é muito relevante”, destacou.

            A coordenadora frisou ainda, que as formas de profilaxia variam de acordo com a exposição, assim, o treinamento abordou também a atenção ao histórico do paciente, verificando se a pessoa esteve exposta a alguma situação de risco e seguir o protocolo de atendimento antirrábico.

#Blog do Boka/ Dircom PMB