17
nov

Os quatro estados que formam a região agrícola Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia) se mobilizam para ver seus projetos contemplados pelas medidas do governo federal que visam tirar a economia da recessão, através de concessões e do Programa de Parcerias para Investimentos (PPI).

As representações estaduais em Brasília se reuniram na Representação do Governo da Bahia, nesta quinta-feira (17), para organizar a carteira de estradas, portos e ferrovias que serão apresentadas aos ministérios das Cidades e dos Transportes. Eles também querem formar com as pastas um grupo de trabalho específico para acompanhar as ações.

A palavra de ordem dos representantes é infraestrutura. “Os eixos de escoamento da produção nacional estão concentrados nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Paraná. Queremos inserir a região do Matopiba, que é uma das maiores regiões agrícolas do mundo, nesse processo”, disse Jonas Paulo, representante do Estado da Bahia.

Os representantes conversaram ainda sobre o interesse de investidores chineses na Ferrovia de Integração Oeste Leste (Fiol), em construção na Bahia, e dos japoneses na Norte Sul, obra que vai ligar a Amazônia ao Rio Grande do Sul.