28
jun

Foto: Reprodução / adailtonreis

Denunciado ao Ministério Público estadual (MP-BA) por irregularidades na contratação da empresa Star Ambiental, para a locação de sanitários químicos portáteis, que foram utilizados no Carnaval de Salvador de 2012, o ex-secretário de Serviços Públicos de Salvador (Sesp) Marcelo Abreu, através de sua assessoria, disse que celebrou o contrato 016/2012, com a Star Ambiental Ltda., mediante determinação judicial, assinado em 26 de outubro de 2012, com vigência de um ano, ou seja, até 25 de outubro de 2013″. “Declara ainda que nesse período, de aproximadamente 60 dias de vigência do referido contrato sob sua responsabilidade, o então secretário Marcelo Abreu, não emitiu nem autorizou nenhuma Ordem de Serviço, nenhum aditivo, tão pouco fez nenhum pagamento para a Star Ambiental.  A partir da data de 01.01.2013, quando já não era mais titular da pasta, foram feitos pagamentos e aditivos desse contrato”, diz um trecho da nota sobre o encaminhamento do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) (lembre aqui). “Esses esclarecimentos podem ser verificados e comprovados na Semob, antiga Sesp/Limpurb e nos autos de defesa datados de 02.06 2016 e  07.08.2017, junto às instituições competentes”, completou.

(Informações Bahia Notícias)

Publicidade