23
jan

Quatro novos sistemas de abastecimento de água foram inaugurados, neste sábado (21), pelo governado Rui Costa no município de Formosa do Rio Preto, no oeste baiano, já na divisa com o estado do Piauí. Rui também entregou um trecho recuperado de 78 quilômetros da BA-255, ligando a BR-135 ao distrito de Coaceral, que se destaca na economia do Norte-Nordeste pela produção de soja. Participaram das entregas o vice-governador e secretário do Planejamento, João Leão, e os secretários de Infraestrutura Hídrica, Cássio Peixoto, e da Infraestrutura, Marcus Cavalcanti.

Rui Costa disse que água é prioridade absoluta na sua administração. “O governador Jaques Wagner criou o programa Água para Todos e fez o maior investimento em água na história da Bahia. E nós queremos bater este recorde, porque água significa vida e saúde. Agora nós queremos que a Embasa faça a ampliação para que todas as casas do município recebam água tratada”. Os quatro sistemas de abastecimento inaugurados beneficiam as comunidades de Arroz de Baixo e de Cima, Lagoinha, Morro Pelado, Vazante e Araçás, atendendo milhares de baianos, e receberam investimentos de quase R$ 3 milhões.

De acordo com o secretário de Infraestrutura Hídrica, Cássio Peixoto, “a entrega deste sábado oferece à comunidade água potável com qualidade, trazendo mais saúde para a população. E já temos a promessa de ampliação da rede para mais 300 unidades habitacionais”, garantiu.

O agricultor Hélio Alves tem, 71 anos, mora em Arroz de Cima e diz que nunca passou 30 dias fora do distrito, nem havia visto água chegar às torneiras da localidade. “Muda muita coisa, beneficia a saúde da gente, na arrumação da casa, sem água a gente não vive. O lugar mais perto para buscar água era 200 metros de casa. E para lavar roupa ia lá no rio, de carroça, distante 11 quilômetros. Agora não tem mais isso, a água tem na nossa casa”.

Também produtora rural, Emiranda Alves, 43 anos, moradora de Arroz de Cima diz que antes, para ter água em casa, só com muito trabalho. “Era água no riacho, a gente labutava, tinha que ir cedo no riacho para trazer para casa, encher os potes, as cabaças, e agora a água chega aqui. É bom porque sem a água a gente não é ninguém. Não perco tempo, dá tempo de fazer minhas coisas em casa”.

Estrada

Segundo Rui, a finalidade das obras nas estradas é melhorar a vida das pessoas e as condições de saúde, transporte e produção. O governador afirmou que, ainda este ano, BA-255 vai começar a receber uma pavimentação mais resistente. “Nós temos um contrato com o Banco Mundial para fazer várias estradas aqui. Nós vamos iniciar ainda este ano a colocação do CBUQ nesta estrada, pela qual transitam caminhões muito pesados, para que ela dure muitos anos”.

O motorista Nivan Santiago faz transporte escolar e passa todos os dias pela BA-255. “Esta rota é muito importante para o escoamento agrícola e antes era muito buraco, sempre tinha carreta quebrada. Eu faço este transporte aqui, passo com os estudantes, e melhorou muito. É também economia, não tem mais negócio de pneu estourado, carro quebrado. O trecho de quase 80 quilômetros que a gente fazia em mais de três horas, agora faz em 50 minutos”. Foram investidos na estrada R$ 13 milhões, beneficiando cerca de 213 mil habitantes.
Comunicamos aos seguidores, parceiros e colabaradores que estamos fora do ar devido falta de conexão com o provedor Wimax.
Esperamos solucionar o problema o mais rápido possivel.

Formosa do Rio Preto recebe novos sistemas de abastecimento de água

Quatro novos sistemas de abastecimento de água foram inaugurados, neste sábado (21), pelo governado Rui Costa no município de Formosa do Rio Preto, no oeste baiano, já na divisa com o estado do Piauí. Rui também entregou um trecho recuperado de 78 quilômetros da BA-255, ligando a BR-135 ao distrito de Coaceral, que se destaca na economia do Norte-Nordeste pela produção de soja. Participaram das entregas o vice-governador e secretário do Planejamento, João Leão, e os secretários de Infraestrutura Hídrica, Cássio Peixoto, e da Infraestrutura, Marcus Cavalcanti.

Rui Costa disse que água é prioridade absoluta na sua administração. “O governador Jaques Wagner criou o programa Água para Todos e fez o maior investimento em água na história da Bahia. E nós queremos bater este recorde, porque água significa vida e saúde. Agora nós queremos que a Embasa faça a ampliação para que todas as casas do município recebam água tratada”. Os quatro sistemas de abastecimento inaugurados beneficiam as comunidades de Arroz de Baixo e de Cima, Lagoinha, Morro Pelado, Vazante e Araçás, atendendo milhares de baianos, e receberam investimentos de quase R$ 3 milhões.

De acordo com o secretário de Infraestrutura Hídrica, Cássio Peixoto, “a entrega deste sábado oferece à comunidade água potável com qualidade, trazendo mais saúde para a população. E já temos a promessa de ampliação da rede para mais 300 unidades habitacionais”, garantiu.

O agricultor Hélio Alves tem, 71 anos, mora em Arroz de Cima e diz que nunca passou 30 dias fora do distrito, nem havia visto água chegar às torneiras da localidade. “Muda muita coisa, beneficia a saúde da gente, na arrumação da casa, sem água a gente não vive. O lugar mais perto para buscar água era 200 metros de casa. E para lavar roupa ia lá no rio, de carroça, distante 11 quilômetros. Agora não tem mais isso, a água tem na nossa casa”.

Também produtora rural, Emiranda Alves, 43 anos, moradora de Arroz de Cima diz que antes, para ter água em casa, só com muito trabalho. “Era água no riacho, a gente labutava, tinha que ir cedo no riacho para trazer para casa, encher os potes, as cabaças, e agora a água chega aqui. É bom porque sem a água a gente não é ninguém. Não perco tempo, dá tempo de fazer minhas coisas em casa”.

Estrada

Segundo Rui, a finalidade das obras nas estradas é melhorar a vida das pessoas e as condições de saúde, transporte e produção. O governador afirmou que, ainda este ano, BA-255 vai começar a receber uma pavimentação mais resistente. “Nós temos um contrato com o Banco Mundial para fazer várias estradas aqui. Nós vamos iniciar ainda este ano a colocação do CBUQ nesta estrada, pela qual transitam caminhões muito pesados, para que ela dure muitos anos”.

O motorista Nivan Santiago faz transporte escolar e passa todos os dias pela BA-255. “Esta rota é muito importante para o escoamento agrícola e antes era muito buraco, sempre tinha carreta quebrada. Eu faço este transporte aqui, passo com os estudantes, e melhorou muito. É também economia, não tem mais negócio de pneu estourado, carro quebrado. O trecho de quase 80 quilômetros que a gente fazia em mais de três horas, agora faz em 50 minutos”. Foram investidos na estrada R$ 13 milhões, beneficiando cerca de 213 mil habitantes.
Fonte Secom Ba