20
set

Foto: Divulgação

Jair Bolsonaro cresceu de 23 para 30%, acumulando votos das classes mais escolarizadas e de maior poder aquisitivo.

Pesquisa do Ibope revelada ontem à noite pela Globonews, mostrou o drama que envolve o candidato tucano Geraldo Alckmin nestas eleições. Enquanto Jair Bolsonaro cresceu para 30% em São Paulo, o ex-governador caiu de 15 para 13%, já Fernando Haddad ficou também com 13%, Ciro Gomes com 8% e Marina Silva com 6%. Os números surpreenderam pelo fato de Alckmin ser ex-governador do Estado e Haddad ex-prefeito da cidade de São Paulo. Para analistas, o candidato tucano paga um preço por ter colocado dois palanques em SP: com o candidatos a governador João Dória e Márcio França. Também foi ressaltada a saída de Alckmin para fazer campanha em outros estados, descuidando-se da maior unidade da federação. Quanto ao Fernando Haddad a expectativa é de que ainda há votos de Lula a serem absorvidos, como foi registrado na pesquisa nacional do DataFolha . Diferentemente, Jair Bolsonaro cresceu de 23 para 30%, acumulando votos das classes mais escolarizadas e de maior poder aquisitivo.

(Informações Tribuna da Bahia)