10
dez

Foto: Divulgação

Em publicação no Diário Oficial da Justiça, foi comprovado que não houve acertos na regularidade da utilização de parte do recurso recebido pelo DEM do Fundo Partidário.

O juiz do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), Jatahy Fonseca Júnior, reprovou as contas dos Democratas baiano, que é liderado no estado pelo deputado federal José Carlos Aleluia e nacionalmente pelo prefeito de Salvador, ACM Neto.

Em publicação no Diário Oficial da Justiça, foi comprovado que não houve acertos na regularidade da utilização de parte do recurso recebido pelo DEM do Fundo Partidário.

O magistrado diante disso, decidiu imputar a sigla a suspensão do recebimento do dinheiro por um mês e o recolhimento ao Tesouro Nacional dos valores relativos.

O juiz também determinou que seja aplicado no exercício subsequente os respectivos valores para a criação ou manutenção de programas de promoção e difusão da participação política das mulheres.

Fonte Tribuna da Bahia