25
fev

Movimentações da USAF (força aérea americana) nos últimos dias apontam para uma possível operação na Venezuela.

Sites de aviação militar têm apontado através de apps de monitoramento (no topo do texto e no pé da página) frequentes pousos de aeronaves na Colômbia.

Entre elas, cargueiros C 17 e C 146 do Esquadrão de Operações Especiais.

Mas o que chama mais atenção são os constantes sobrevoos de aviões KC 135 “Rivet Joint” no limite do espaço aéreo venezuelano.

Esses aviões são normalmente utilizados em operações “SIGINT” de espionagem, com coleta de sinais eletrônicos e interceptação de telecomunicações.

Pode significar que um ataque à Venezuela está nos planos do Departamento de Estado americano.

Essas informações vão de encontro aos rumores de parte da mídia dos Estados Unidos, que cravam como certa uma operação militar para depor Nicolás Maduro, instalando o auto proclamado interino Juan Guaidó em seu lugar com as “bênçãos” de Washington.

Blog do Boka/ Diário Centro do Mundo