10
jun
Foto: Arquivo/Agência Brasil

A Polícia Federal abriu inquérito para investigar ataques feitos por hackers aos celulares do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e dos procuradores da República, que atuam na Operação Lava Jato em Curitiba.

Segundo o jornal Estado de São Paulo, a investigação contra os procuradores foi aberta há um mês, já contra Moro há quatro dias.

Neste domingo (9), o site The Intercept Brasil divulgou o suposto conteúdo de mensagens trocadas pelo então juiz federal Sergio Moro e por integrantes do Ministério Público Federal, como o procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa em Curitiba (veja aqui).  Blog do Boka/ Bahia Notícias