25
jul

Expectativas, mudanças e um novo Mercado Cultural foram os assuntos do encontro que reuniu os comerciantes, donos de bares e restaurantes com a Comissão a Praça é Nossa, nessa manhã de quarta-feira, 25, no auditório da Prefeitura de Barreiras.

O principal objetivo da Prefeitura, foi repassar informações aos donos de bares, restaurantes e comerciantes de pesca e artesanato, sobre o projeto arquitetônico, planejamento das obras, regularização dos estabelecimentos e requalificação de todo entorno do Centro Histórico, que será executado no Centro Histórico da cidade.

Os integrantes da Comissão explicaram o passo a passo sobre planejamento de desocupação temporária dos locais que funcionam os comércios, que após a requalificação será novamente disponibilizados aos empresários. A chefe de gabinete Marileide Carvalho, tranquilizou todos os participantes, pontuando que o projeto transformará todo o Centro Histórico e que as equipes técnicas têm se preocupado com as datas de início e término das obras, para não causar nenhum prejuízo financeiro.

“A preocupação da gestão em especial do Prefeito Zito Barbosa, foi reunir todos os comerciantes do Caparrosa, como já nos reunimos com os comerciantes da Praça 24 Horas, para explicar como vai funcionar todo o processo. Tenho certeza que hoje à noite, quando cada um aqui apreciar o projeto arquitetônico sairá convicto que teremos um novo Mercado Cultural, todo estruturado, requalificado e pronto para receber as famílias de Barreiras, turistas e visitantes”, afirmou a chefe de gabinete.

O empresário Renato, que atende há mais de 10 anos no local, disse que todos estão ansiosos e sempre sonharam com a melhoria no ambiente, que é considerado o ponto dos eventos noturnos na cidade.

“Não podemos negar que estamos ansiosos, porque sabemos que haverá mudanças, tudo será transformado para realmente valorizar o Centro Histórico. Mas após essa roda de conversa, tiramos nossas dúvidas e nos tranquilizou, saber que vamos participar com opiniões e apoio da Prefeitura”, disse.

A advogada Caroline Cruz, representante da Procuradoria Geral do Município, externou que a data da interrupção temporária das atividades ainda não está definida, mas a previsão será pós período de carnaval, já que a primeira etapa da obra será iniciada na Praça 24 Horas.

“Reconhecemos como local de maior movimentação noturna os bares e restaurantes do Mercado Caparrosa. O objetivo da gestão municipal é realmente proporcionar um espaço adequado, com toda regularização e receber todos os visitantes na alta temporada, mostrando que o Centro Histórico e o Cais são realmente os cartões postais de Barreiras. Tudo está sendo tratado de forma minuciosa, ouvindo os moradores e os empresários de todos os ramos para que seja conduzido de forma participativa e democrática”, afirmou Caroline.

Em Audiência Pública que acontece hoje, 25, às 19h no Centro Cultural Rivelino Silva de Carvalho. Os moradores, empresários e toda população terão acesso a apresentação do pré-projeto de Requalificação do Centro Histórico de Barreiras que integra a requalificação da Praça Cel. Antônio Balbino (Praça 24 Horas), Praça Landulfo Alves, Mercado Cultural Caparrosa, e a Praça São João Batista. A iluminação e o novo calçamento para o cais de Barreiras também compõem a proposta coordenado pela arquiteta, Luiza Dalle Zotte Carvalho. (Informações Dircom/PMB)

* Confira a galeria de fotos desta notícia: