29
ago

Com o objetivo de capacitar os profissionais que trabalham na área da assistência ao parto, a Prefeitura de Barreiras através da Secretaria Municipal de Saúde, promoveu durante os dias 27 e 28 de agosto, oficinas de qualificação para os profissionais de saúde que trabalham no Hospital da Mulher em Barreiras e de municípios da região Oeste.

O evento teve como facilitadores, o obstetra e coordenador da obstetrícia da Maternidade Estadual José Maria de Magalhães Neto, Dr. Amado Nizarela, também da enfermeira obstetra Gertrudes Coelho e Iandira da Luz, neonatologista da Maternidade Estadual.

Na segunda-feira (27), o tema “Técnicas de obstetrícia e boas práticas” foi ministrado no auditório da Faculdade São Francisco de Barreiras – FASB, e estiveram reunidas as equipes do Hospital da Mulher, além de profissionais dos municípios de Luís Eduardo Magalhães, São Desidério, Santa Rita de Cássia, Baianópolis, Formosa do Rio Preto, Cristópolis, Riachão das Neves, Tabocas do Brejo Velho, Wanderley, Ibotirama e Paratinga. Com diversos simuladores, as equipes tiveram a oportunidade de aprender técnicas para aperfeiçoar as práticas no dia a dia, favorecendo assim, o entendimento da humanização na hora do parto.

Já na terça-feira (28), os facilitadores da Maternidade Estadual José Maria de Magalhães Neto realizaram uma visita técnica ao espaço do Hospital da Mulher e ministraram aos participantes a palestra “Boas práticas e assistência humanizada”. A secretária municipal de saúde, Marisete Bastos acompanhada da subsecretária Larissa Barbosa e da diretora administrativa, Marta Andrade, relatou a importância dessas atividades continuadas na perspectiva de uma saúde cada vez mais humanizada.

“Com certeza as contribuições desses profissionais que são referências em nosso Estado, agregam ainda mais conhecimentos para os profissionais da nossa região. Essa iniciativa faz parte da agenda da Rede Cegonha, organizada para esses dois dias de aprendizagem através das apoiadoras Maria Aparecida Conceição e Suely Dias. Desta forma, buscamos trabalhar de maneira mais qualificada e humanizada, e essas capacitações promovem ainda, a identificação das fragilidades e buscam junto às equipes, estratégias para a qualificação na assistência da unidade”, destacou Marisete Bastos.

Conheça mais da Rede Cegonha

É uma estratégia do Ministério da Saúde que visa implementar uma rede de cuidados para assegurar às mulheres o direito ao planejamento reprodutivo, e a atenção humanizada à gravidez, ao parto e ao puerpério, bem como assegurar às crianças o direito ao nascimento seguro, crescimento e desenvolvimento saudáveis.

Esta estratégia, tem a finalidade de estruturar e organizar a atenção à saúde materno-infantil no País. Em Barreiras já foi implantada a Rede Cegonha, agora o próximo passo é a continuação das ações preconizadas na estratégia.(Informações Dircom/PMB)

Com o objetivo de capacitar os profissionais que trabalham na área da assistência ao parto, a Prefeitura de Barreiras através da Secretaria Municipal de Saúde, promoveu durante os dias 27 e 28 de agosto, oficinas de qualificação para os profissionais de saúde que trabalham no Hospital da Mulher em Barreiras e de municípios da região Oeste.

O evento teve como facilitadores, o obstetra e coordenador da obstetrícia da Maternidade Estadual José Maria de Magalhães Neto, Dr. Amado Nizarela, também da enfermeira obstetra Gertrudes Coelho e Iandira da Luz, neonatologista da Maternidade Estadual.

Na segunda-feira (27), o tema “Técnicas de obstetrícia e boas práticas” foi ministrado no auditório da Faculdade São Francisco de Barreiras – FASB, e estiveram reunidas as equipes do Hospital da Mulher, além de profissionais dos municípios de Luís Eduardo Magalhães, São Desidério, Santa Rita de Cássia, Baianópolis, Formosa do Rio Preto, Cristópolis, Riachão das Neves, Tabocas do Brejo Velho, Wanderley, Ibotirama e Paratinga. Com diversos simuladores, as equipes tiveram a oportunidade de aprender técnicas para aperfeiçoar as práticas no dia a dia, favorecendo assim, o entendimento da humanização na hora do parto.

Já na terça-feira (28), os facilitadores da Maternidade Estadual José Maria de Magalhães Neto realizaram uma visita técnica ao espaço do Hospital da Mulher e ministraram aos participantes a palestra “Boas práticas e assistência humanizada”. A secretária municipal de saúde, Marisete Bastos acompanhada da subsecretária Larissa Barbosa e da diretora administrativa, Marta Andrade, relatou a importância dessas atividades continuadas na perspectiva de uma saúde cada vez mais humanizada.

“Com certeza as contribuições desses profissionais que são referências em nosso Estado, agregam ainda mais conhecimentos para os profissionais da nossa região. Essa iniciativa faz parte da agenda da Rede Cegonha, organizada para esses dois dias de aprendizagem através das apoiadoras Maria Aparecida Conceição e Suely Dias. Desta forma, buscamos trabalhar de maneira mais qualificada e humanizada, e essas capacitações promovem ainda, a identificação das fragilidades e buscam junto às equipes, estratégias para a qualificação na assistência da unidade”, destacou Marisete Bastos.

Conheça mais da Rede Cegonha

É uma estratégia do Ministério da Saúde que visa implementar uma rede de cuidados para assegurar às mulheres o direito ao planejamento reprodutivo, e a atenção humanizada à gravidez, ao parto e ao puerpério, bem como assegurar às crianças o direito ao nascimento seguro, crescimento e desenvolvimento saudáveis.

Esta estratégia, tem a finalidade de estruturar e organizar a atenção à saúde materno-infantil no País. Em Barreiras já foi implantada a Rede Cegonha, agora o próximo passo é a continuação das ações preconizadas na estratégia.

* Confira a Galeria das Imagens desta Notícia: