29
jul
Foto: Camila Souza/GOVBA

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), elogiou, nesta segunda-feira (29), o programa “Médicos pelo Brasil” do Ministério da Saúde, que deve ser anunciado nos próximos dias.

Segundo o ministro da Saúde, o deputado federal licenciado Luiz Henrique Mandetta (DEM), o programa “Médicos pelo Brasil” substituirá gradativamente o “Mais Médicos”. Segundo ele, a prioridade será o atendimento médico para os municípios com maior vulnerabilidade social.

“Apesar de não ter sido detalhado, mas pelo que foi publicado na imprensa, nos antecipadamente e já declaramos apoio ao ministro da Saúde por essa iniciativa. E declaramos também que queremos contribuir para o aperfeiçoamento deste plano. […] Consideramos bastante relevante”, declarou Rui após reunião com governadores do Nordeste, em Salvador.

Sobre criar um “Mais Médico do Nordeste”, Rui disse que vai esperar o lançamento do programa federal. “[A ideia do governo federal] não sepulta a ideia de termos uma ação especifica do Nordeste. Só que não queremos ter ações redundantes, já que o governo federal vai lançar o programa. Não queremos disputar. Queremos contribuir para que o plano nacional seja o mais abrangente. O que não ficar preenchido no plano nacional, vamos preencher no nordeste”, ressaltou.

Rui descartou a presença de cubanos no programa “Mais Médicos do Nordeste”. Segundo ele, a intenção inicial é aproveitar estudantes universitários.

CONSÓRCIO
Presidente do Consórcio do Nordeste, Rui afirmou, ainda, que será criada uma “central de compras” para estados adquiram juntos equipamentos de Saúde e Segurança. Segundo ele, a primeira licitação coletiva deve ser lançada até o final de agosto.

#Blog do Boka/ Bahia Notícias