22
jun

No clima do maior São João da Bahia, que acontece em Barreiras de 20 a 23 de junho no Parque de Exposições Engenheiro Geraldo Rocha, o Grupo do Programa HumanizaDor (Fibromialgia), Hospital da Mulher e também o Centro de Atenção Psicossocial – Álcool e outras Drogas, comemoraram os festejos juninos junto às equipes na quarta-feira, 19.

Com o espaço decorado, cheio de bandeirolas e comidas típicas, as estagiárias Brenda Araújo e Bianca Senna do Curso de Psicologia da Faculdade São Francisco de Barreiras (FASB), recepcionaram com brincadeiras juninas o Grupo do Programa Humanizador na sede do Programa Idade Viva. À tarde de quarta-feira foi de muita diversão e alegria.

O ritmo do forró também tomou conta do Hospital da Mulher. A festa que acontece todos os anos, reúne funcionários em um ambiente decorado, com muito forró e uma variedade de comidas típicas. O objetivo de acordo com a direção administrativa, é socializar os colaboradores do Hospital no ritmo alegre do São João.

O Centro de Atenção Psicossocial – Álcool e outras Drogas, no bairro Vila Rica, também promoveu o “Arraiá do CAPS AD”, e contou com a participação do prefeito Zito Barbosa, do secretário municipal de saúde Anderson Vian e do presidente do Conselho Municipal de Saúde, Gilvan Ferreira. Participando da festa, o prefeito Zito Barbosa prestigiou ao lado dos usuários do CAPS AD e de seus familiares, a apresentação da Quadrilha Junina Encanto do Oeste de Barreiras e das brincadeiras desenvolvidas no espaço.

De acordo com o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Gilvan Ferreira, esses festejos agregam valores e promovem qualidade de vida. “Com tantos problemas de saúde enfrentados no dia a dia, esses momentos de diversão é também cultura, educação física, trabalha o psicológico e o social de todos que precisam interagir. Esses festejos também traz a cura, contribui positivamente na reabilitação e no tratamento de muitas doenças, por isso, a Secretaria de Saúde e a Prefeitura de Barreiras estão de parabéns”, destacou Gilvan.

O Instituto São Francisco de Arte e Cultura (ISFAC) com a participação dos integrantes da Roda do Samba e Coração do Brasil contagiou a todos com o tradicional forró pé de serra. Inaugurado em outubro de 2018, o CAPS AD atua no atendimento psicossocial de dependentes químicos e alcoólicos de segunda a sexta-feira para o público a partir de 16 anos. Em um espaço amplo, oferece oficinas de música, educação em saúde, artesanato, educação física, atendimento médico, psicológico e social.

“Nosso trabalho através das ações do Projeto Saúde Humaniza busca promover um atendimento cada vez melhor, mas também promover momentos de lazer e descontração entre os usuários dos nossos diversos programas. Com certeza, ações como essas, contribuem positivamente para um ambiente cada vez mais humanizado na oferta dos atendimentos da saúde”, enfatizou Anderson Vian, secretário municipal de saúde.

Blog do Boka/ Dircom PMB