29
jul

As oleaginosas são alimentos que possuem óleos benéficos à saúde em sua composição. Nesse grupo estão as castanhas, amendoins, avelã, pistache, macadâmia, entre outros. Como forma de complementação a dieta e fontes de nutrientes e vitaminas, as pastas feitas de oleaginosas se tornaram comuns no cardápio daqueles que querem adquirir uma vida mais saudável. Entre as mais famosas, estão a pasta de castanha de caju e a pasta de amendoim. Para ajudar na escolha da melhor opção para consumo, Thaise Costa, nutricionista da Tia Sônia – marca referência em alimentação saudável e natural – explica as propriedades, indicações e benefícios das pastas.

COMPOSIÇÃO

A pasta de castanha de caju tem como fonte o próprio fruto, que é rico em gorduras monoinsaturadas e poli-insaturadas que combatem o colesterol ruim (LDL) e aumentam o bom (LDL), prevenindo o entupimento de veias e artérias. O magnésio, que é considerado um mineral essencial para o bom funcionamento do corpo, está presente em 9% da composição da castanha de caju. O fósforo, mineral que auxilia na manutenção dos ossos, está presente em 7% da oleaginosa. O zinco, nutriente que ajuda o corpo no combate de doenças, também está evidente na constituição do fruto. A pasta também possui o aminoácido chamado arginina que auxilia em funções importantes do corpo.

Já a pasta de amendoim possui o fruto como fonte de composição que também é rico em gorduras boas que combatem o colesterol ruim (LDL). Conta com grande quantidade de vitamina E, que possui ação antioxidante, combatendo os radicais livres, e resveratrol, mesmo nutriente encontrado no vinho. O fósforo e o magnésio também estão presentes na composição do vegetal, sendo que duas colheres de sopa por dia fornecem cerca de 50mg de magnésio, equivalente a 17% da necessidade diária destes minerais. A vitamina B6 e o potássio também estão presentes na composição.

BENEFÍCIOS

Devido a presença de nutrientes, a pasta de castanha de caju garante diversos benefícios ao corpo, entre eles a prevenção de doenças, como: cardiovasculares, diabetes, Alzheimer, derrames, entre outras; prevenção da osteoporose (problemas ligados aos ossos); auxílio no processo de emagrecimento (quando consumida de maneira eficiente); e por ser rica em zinco, combate a anemia e fortalecimento do sistema imunológico.

A pasta de amendoim também traz benefícios ao organismo, entre eles a prevenção de doenças cardíacas, câncer e envelhecimento precoce; é fonte de energia; mantêm a saúde dos músculos; melhora o humor; e por ser rica em vitamina E, ajuda no combate de radicais livres, prevenindo a degeneração das células do corpo.

COMO CONSUMIR?

A pasta de castanha de caju pode ser consumida em diversos momentos do dia: no café da manhã, como sobremesa, no preparo de doces, para o lanche das crianças e no pré-treino. “Para quem gostaria de perder peso, as pastas de castanha de caju ajudam na saciedade, sendo essenciais no lanche da tarde ou antes de dormir. É bom ressaltar que o consumo sempre deve ser moderado”, informa.

#Blog do Boka/ Bahia Notícias